Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 29 de junho de 2009

Passadinha em casa. Theo de férias. Voltando para o trabalho.

Theo não deixa eu fechar a porta. “Mãe, quero ficar com você”.

Eu, já acostumada a ouvir e explicar sobre isso, volto a dizer que não posso, que preciso ir para o trabalho; que ele está de férias, mas mamãe não; mas que vamos combinar várias coisinhas legais para fazer juntinhos. Será bem legal.

Aí ele pede preu esperar, vai lá nas coisas dele, pega o garfo da batedeira e retorna à porta: “mamãe, quando você tiver com saudades, abrace esse garfo da batedeira”.

Eu sorri e disse ok. Combinado.

E ele, mas tu não vai perder ou esquecer não, neh?!

E eu: nunca, filho. Jamais esqueço de tu!

Sorriu com os olhos!!!

Ganhei a tarde.

Anúncios

Read Full Post »

Mainha deu pra gente a batedeira velha dela. Eu estou empenhadíssima em aprender a fazer massas, paes e outras receitas. Coisinhas para Theo, sem glúten. Mainha, que já tinha dado uma máquina de fazer pão, deu a batedeira. A bichinha é outra relíquia. Já era da casa quando eu morava lá. Daí dá para tirar quanto ela estava “pedindo pra sair”.

Bem, Teca avisou: quando essa batedeira funciona sai um pó de dentro com cheiro de barata. ECA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Aí, é pau. Barata é pau. entonces, a batedeira nunca foi usada pra nada. Theo, que não é besta e está ligado, pediu a batedeira.

“Mamãe, eu não vou querer comer nada com barata. Você devia me dar essa batedeira preu brincar”.

Ok. Theo. Pode sim.

“Então, tira o fio, que fica me atrapalhando”.

E eu fui lá e cortei.

Mamãe ela é tão legal. … Minutos depois ele estava vendo Beth Carvalho e repetindo Samba de Arerê com a batedeira de lado…

Ps: com Theo de férias, tenho que pensar em alternativas. Colônia de Férias ele já pediu para não ir. Foi nas férias passadas. Mas, foi mais estresse que diversão. Portanto, não repetirei. Se ele está de férias, não vou “pesar” no compromisso. Mas estou procurando avidamente por sugestões alternativas, do tipo: dois dias na semana; pintura, arte. Vamos ver o que rola.

Ps1: hoje vamos acompanhar uma aula de judô. (Vamos ver no que vai dar). Eu disse que era o “esporte” do Kong Fu Panda, desenho que ele curte.

Ps2: sei que não é exatamente o esporte do Kong Fu Panda…. Vá lá… sei que é “forçada de barra” minha…. Mas “como se fosse” está valendo. Tem pelo menos “gritos” dos golpes parecidos. (hein????)

Read Full Post »

 

Theo chorou porque tia Beka guardou o ventilador. Ele, em momento birra, já não estava mais brincando. Estava só birrando mesmo.

Mas guardar é pisar no calo. O desejo se reaquece.

Ouvi o choro. Theo vem reclamando que não podia mais brincar com o ventilador; que tia Beka tinha guardado. O choro insistente mostrou que ele não ia arredar o pé.

Eu também não. Bastava aquele zum zum zum.

Papai vai na casa de vovó. E Theo (para de chorar no ato): Eita, eu quero ir. Lá vou direto no quarto brincar com o ventilador.

Resumo: deixou primos de lado. E foi-se atrás do ventilador.

Read Full Post »

No intervalo, tio Cláudio desce com os sobrinhos e a bola. Chama Theo. Nada.

Não vai descer e deixar o ventilador que esta brincando lá em cima.

Raul insiste. Ele desce. Pede para ver a bomba da piscina.

Nem se quer vai no campo. É sempre assim.

Read Full Post »