Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 10 de junho de 2009

 

A curtição de Theo é desmontar as coisas e montar. Não necessariamente as mesmas coisas. Tio Teco, engenheiro eletrônico, gosta também. : ) Os dois então se identificam. É padrinho junto com a cria. Portanto Tio Teco também dá “máquinas e motores”, como Theo gosta de falar, pra o pequeno brincar e inventar. Essa aí debaixo é uma turbina. Quando Theo inventou passou horas “voando” por dentro de casa. Pedia pra que eu ou Michiles falasse como o piloto de avião fala: “atenção senhores passageiros, decolagem autorizada”. E ele imitava a força da turbina com a boca e partia…. : )

DSC02254

Read Full Post »

 

 

 

 

O “pé” tem que ter fiação. A idéia da eletricidade tem que ter nas invenções de Theo. Ele observa e tenta fazer a engrenagem igual, como ele explica.

 

DSC02255

Read Full Post »

Além, é claro, de muito papel picado… : )

Olhando de cima, a máquina de reciclagem de papel e seus vários trecos

Olhando de cima, a máquina de reciclagem de papel e seus vários trecos

De outro ângulo, o cesto pra coletar o lixo e mais o lixo lá dentro que ele colocou para dar mais veracidade a sua invenção (presumo)

De outro ângulo, o cesto pra coletar o lixo e mais o lixo lá dentro que ele colocou para dar mais veracidade a sua invenção (presumo)

Um clôse no lixão de Theo: caixa, papel e mais outros trecos

Um clôse no lixão de Theo: caixa, papel e mais outros trecos

 

Read Full Post »

Bem, aqui tem de tudo: banco virado de cabeça pra baixo, um microondas de brinquedo aberto pra baixo, grade de um jogo do War da irmã, Juju, que ele acabou aproveitado depois que ela conseguiu desgrudar as pecinhas (os soldados romanos). : ) E isso é bem Colégio Apoio: fábrica de papel e máquina de reciclagem …. : )) Ele só está reproduzindo.

 

A máquina de papel.... sem entendimentos. Mas se ele disse que é, é porque é : )

A máquina de papel.... sem entendimentos. Mas se ele disse que é, é porque é : )

Read Full Post »

Essa foi engraçada: Theo montou uma hidrelétrica porque ele acha o máximo a água gerar a eletricidade que pra ele é o alimento da vida ( e de certa forma não deixa de ser). Bem, a gente usa esse argumento quando ele adoece e fica num fastio brabo. A estratégia é explicar que sem comida ele perde a “eletricidade” dele… : ) Bem, aí ele pegou um filtro que liga quando se aperta a torneira da água + uma vasilha plástica de guardar comida com uma toalhinha de levar pra escola + a hélice que ele tirou da turbina, enganchado no baú de palha da sala.
A explicação é: a água que sai do baú pelo canudo (que tá enganchado na hélice) gira pelo garrafão do brinquedo e cai no depósito e desce pelo filtro. Pronto: fez a eletricidade!!
hidrelétrica

hidrelétrica

Read Full Post »

Older Posts »